Presidente do Inmetro participa de encontro com vice-ministro do Japão

A presidente do Inmetro, Angela Flôres Furtado, participou da 13ª reunião do Comitê Conjunto em Comércio, Promoção do Investimento e Cooperação Industrial Brasil – Japão, realizada na Japan House, em São Paulo, no dia 17 de outubro.
 
A copresidência da reunião é realizada pelo Ministérios da Economia do Brasil e pelo Ministério da Economia, Comércio e Indústria (METI) do Japão. O já tradicional encontro tem como objetivo identificar os principais temas e desafios atinentes à agenda bilateral nas áreas de atuação dessas pastas. O Secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Da Costa, presidiu a reunião pelo lado brasileiro. O vice-ministro de Assuntos Internacionais do METI, Shigehiro Tanaka, chefiou a delegação japonesa.
 
No encontro, foi destacada a importância dos laços nipo-brasileiros, que transcendem a questão econômica e contam com um aspecto especial da relação humana, derivado da influência cultural trazida pela imigração japonesa ao Brasil. O Vice-Ministro Tanaka, por sua vez, sublinhou o caráter complementar das economias brasileira e japonesa e a sintonia em diversos debates comerciais internacionais, e reiterou o apoio nipônico ao ingresso do Brasil na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).
 
Na parte da reunião que contou com participação do setor privados dos dois países, a presidente  Inmetro pôde apresentar esclarecimentos sobre o Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE) para ar condicionados e sobre aspectos específicos da regulação de produtos eletromédicos. O Novo Modelo Regulatório (NMR) do Inmetro também foi apresentado, bem como as perspectivas para sua implementação.
 
Angela Flôres Furtado também aproveitou a oportunidade para manifestar interesse em intensificar a cooperação entre os dois países em diversas áreas da metrologia científica e industrial, bem como em renovar o Memorando de Entendimento entre o Inmetro e o  Instituto Nacional de Metrologia do Japão (NMIJ).