Inmetro ministra primeiro curso em Biossegurança e Gestão da Qualidade para a Polícia Civil do Rio de Janeiro

Para garantir a qualidade dos ensaios realizados nos laboratórios da Polícia Civil do Estado do Rio Janeiro e respeitar as condições adequadas de trabalho, o Inmetro ofereceu à corporação um curso em Biossegurança e Gestão da Qualidade em Laboratórios Forenses. Dezenove peritos participaram das aulas, que aconteceram entre os dias 21 e 25 de outubro, no Campus de Inovação e Metrologia, em Duque de Caxias. 

O curso atende uma demanda do Departamento Geral de Polícia Técnica-Científica (DGPTC) da Polícia Civil, que conta com diversos laboratórios nas áreas de química, toxicologia, biologia molecular (DNA), hematologia, histopatologia, informática, entre outras. O trabalho com amostras potencialmente infectantes (como drogas, solvente voláteis, venenos, sangue, combustíveis, etc), com alto risco biológico, químico e físico, exige aprimoramento dos processos de gestão e biossegurança, para que elas sejam manipuladas de forma adequada, prevenindo contaminações. 

O curso foi coordenado pela pesquisadora do Laboratório de Microscopia Aplicada às Ciências da Vida (Dimav/Lamav) do Inmetro, Renata Carvalho. Entre os instrutores estavam servidores do Inmetro e pesquisadores convidados da Fiocruz, que ressaltaram que esse é o primeiro curso do tema no Brasil. Para dar continuidade à capacitação, está previsto um curso sobre segurança do trabalho aplicada a laboratórios com risco biológico.