Laboratórios do Inmetro passam por avaliação por pares

Nesta semana, Sally Bruce, gerente de qualidade do National Institute of Standards and Technology (Nist), órgão congênere ao Inmetro nos EUA, está realizando a avaliação do sistema de gestão dos laboratórios da Diretoria de Metrologia Científica e Tecnologia (Dimci). Essa é uma das etapas do processo de avaliação por pares que acontece a cada cinco anos nos Institutos Nacionais de Metrologia (INM), para garantir o reconhecimento mútuo no âmbito do Comitê Internacional de Pesos e Medidas (CIPM), que congrega 105 entidades de todo o mundo.
 
Avaliação por pares Inmetro. 
 
“A ideia do Acordo de Reconhecimento Mútuo (MRA) no âmbito da metrologia é ter reconhecimento dos resultados que são emitidos pelos INM e utilizados nas relações de troca em geral, no comércio internacional e em assuntos regulatórios”, explicou o gestor da qualidade da Dimci, Silvio Santos. Na prática, significa, por exemplo, que resultados de serviços de medição realizados no Brasil são aceitos em outros países, por haver confiança de que o Inmetro – INM brasileiro – é competente para fazê-los, seguindo práticas internacionalmente aceitas. 
 
A avaliação por pares está acontecendo ao longo do ano e, até agora, a Dimci já recebeu, para análise técnica dos laboratórios, 15 avaliadores, de oito países: EUA, Canadá, México, Argentina, Eslováquia, França, Alemanha e Itália. Agora, na avaliação completa do sistema gestão feita pela representante do Nist, haverá visitas a laboratórios, entrevistas com o diretor, técnicos e chefes de Divisão, além de serem verificados o manual da qualidade, procedimentos, registros de qualificação de pessoal e de auditorias internas, análises críticas, entre outros documentos.
 
Os resultados das avaliações serão apresentados no final de setembro, durante a reunião da “Força-Tarefa do Sistema da Qualidade” - QSTF (do inglês Quality System Task Force) na Assembleia Geral do Sistema Interamericano de Metrologia (SIM), em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia. O grupo fará a análise para decidir sobre a manutenção do reconhecimento do sistema de gestão do Inmetro/Dimci nas diversas áreas nas quais o Instituto mantém capacidades de medição no Bureau Internacional de Pesos e Medidas (BIPM).
 
Avaliação dos laboratórios da Dimci