Ouvidoria divulga dados sobre atendimentos realizados durante a Pandemia

Mesmo com as necessidades de adaptação impostas pela pandemia de Covid-19, a Ouvidoria do Inmetro terminou o mês de maio com 99% das manifestações recebidas no ano de 2020 atendidas dentro do prazo. O tempo médio de atendimento foi de somente 4,80 dias, muito abaixo do limite estabelecido por lei e do praticado por outras ouvidorias da administração pública federal.

O bom desempenho é resultado de uma série de ações de gestão e aperfeiçoamento tomadas ao longo dos anos. Entre elas, a coordenação da adesão das ouvidorias de seus órgãos delegados ao sistema e-Ouv – disponibilizado pela CGU – e a atualização das Perguntas Frequentes, disponibilizadas no Portal do Inmetro, facilitando o acesso rápido à informação para o usuário. “Os benefícios desse trabalho são inúmeros. Perguntas e respostas atualizadas permitem um atendimento muito mais ágil, a qualquer horário, sem perda de tempo e sem que o usuário enfrente nenhuma dificuldade”, comenta a ouvidora do Inmetro, Andréa Góes da Cruz. “É importante também registrar que esse aprimoramento tornou o nosso serviço mais robusto para atender de forma mais eficiente durante o período de isolamento social imposto pela pandemia”, reforçou.

Entre outros dados mensurados no período anterior, cabe destacar, por exemplo, que das 19.801 manifestações recebidas no ano passado, as informações mais solicitadas foram referentes aos serviços ofertados pelo Inmetro à sociedade (68%). Nesse sentido, as atividades de Avaliação da Conformidade – Regulamentação (35%) e Acreditação (29%) – lideraram o ranking. Em seguida, os registros mais significativos são as denúncias (20%) e as reclamações (5%) que foram devidamente encaminhadas às chefias dos setores, respondidas e tratadas.

O tempo médio de resposta ao usuário, foi de 6,7 dias, um resultado bastante positivo e que revela o esforço empenhado pela Instituição para atender melhor o público.  Cabe destacar que o prazo legal para as manifestações feitas à ouvidoria, estabelecido no art. 16 da Lei  nº 13.460/2017,  é de 30 dias, passível de prorrogação por mais 30 dias,  e que atualmente o tempo médio de reposta das ouvidorias da administração pública, conforme dados divulgados no “Painel Resolveu?”, do Ministério da Transparência e Controladoria (CGU), é  de 19,8 dias.

Todos os relatórios da Ouvidoria estão disponíveis para consulta no site.